O que é o IGP-M?

O IGP-M, calculado mensalmente pela Fundação Getúlio Vargas, é a base usada pra calcular o reajuste anual dos contratos de aluguel. O cálculo considera a variação acumulada nos últimos 12 meses (veja abaixo uma tabela com essa variação). Dessa forma, dependendo do valor do índice, o seu do aluguel pode aumentar ou diminuir.

Histórico dos últimos meses

Aniversário do Contrato IGP-M acumulado
Outubro / 202124,86%
Setembro / 202131,12%
Agosto / 202133,83%
Julho / 202135,75%
Junho / 202137,04%
Maio / 202132,02%
Abril / 202131,10%
Março / 202128,94%
Fevereiro / 202125,71%
Janeiro / 202123,14%
Dezembro / 202024,52%
Novembro / 202020,93%
Outubro / 202017,94%
Setembro / 202013,02%
Agosto / 20209,27%
Julho / 20207,31%
Junho / 20206,51%
 Maio / 20206,68%
 Abril / 20206,81%
 Março / 20206,82%
 Fevereiro / 20207,81%
 Janeiro / 20207,30%
 Dezembro / 20193,97%
 Novembro / 20193,15%
 Outubro / 20193,37%
 Setembro / 20194,96%
 Agosto / 20196,41%
 Julho / 20196,52%
 Junho / 20197,65%

Como é calculado o IGP-M?

O IGP-M é calculado mensalmente e divulgado pela FGV no final de cada mês referência. O índice é o principal indexador de tarifas de serviços. Por exemplo: internet, energia elétrica, TV por assinatura e a correção anual dos contratos de aluguéis residenciais. Além disso, sofre influência considerável, por exemplo, das oscilações do dólar e de outros indicadores. Ou seja, varia de acordo com o momento econômico.

Mas você sabe como o IGP-M é calculado? Ele é composto por outros três índices:

  • IPA-M (60%): Índice de Preços ao Produtor Amplo Mercado, que representa os preços no atacado;
  • IPC-M (30%): Índice de Preços ao Consumidor Mercado, que corresponde à inflação no varejo;
  • INCC-M (10%): Índice Nacional de Custo da Construção Mercado, que afere os custos do setor de construções habitacionais.

Divulgado no final de cada mês de referência, o IGP-M é utilizado para preservar as condições da locação diante das mudanças da economia, como a inflação ou deflação.